O que é cashback? Saiba os detalhes dessa tendência

Postado em por brenda

o que é cashback

Pagar e receber dinheiro de volta? Como isso funciona? Neste artigo, vamos explicar sobre a nova febre do mercado digital: o cashback.

Até quem faz compras só em loja física já deve ter visto algum cartaz com a palavra “cashback”. 

A forma de pagamento se popularizou no e-commerce e já chegou a todo tipo de loja. Mas, afinal: o que significa cashback? Como funciona? É seguro?

Embarque com a gente neste texto para tirar as principais dúvidas sobre essa nova tendência global. De quebra, vamos também te ajudar a entender como usá-la a seu favor sem cair em furadas. Confira!

O que é cashback?

A palavra “cashback” vem do inglês e significa “dinheiro de volta”. 

Mas como assim você paga e recebe de volta? Calma, tudo tem explicação!

Quando uma empresa oferece a opção de compra por cashback, isso significa que PARTE do seu dinheiro volta para você. A quantidade pode variar assim como o método de retorno.

De onde veio isso?

Esse modelo de programa de recompensa surgiu nos Estados Unidos em 1998, pela Ebates. As 40 lojas online parceiras ofereciam até 25% do dinheiro de volta.

A modalidade já é popular tanto nos próprios EUA quanto no Reino Unido, onde são usados, principalmente, por empresas de cartão de crédito.

Cashback brazuca

No Brasil, a prática começou a ser utilizada por volta de 2007. Um dos programas de cashback mais conhecidos por aqui é o Ame Digital, usado por empresas como Submarino e Americanas.

Agora, o cashback vem se tornando cada vez mais popular em terras tupiniquins. Segundo pesquisa divulgada pelo Serasa em setembro, 53% dos entrevistados acreditam que o cashback é uma função essencial na carteira digital de um serviço bancário ou de um aplicativo de compras.

Confira ainda: 10 dicas fáceis para economizar

Como funciona?

O cashback funciona como um programa de fidelidade. Para explicar melhor vamos imaginar, por exemplo, que você queira um smartphone novo.

Caso a loja onde você escolheu fazer a sua compra, seja ela física ou online, tenha um programa de cashback, você pode se cadastrar no serviço utilizado pela loja. Isso pode ser feito no próprio site ou através de um aplicativo.

A partir de agora, quando você comprar em sites parceiros da empresa de cashback, você receberá parte do valor de volta em uma conta virtual. Depois, há duas formas de resgatar o dinheiro: comprando sites e aplicativos das lojas associadas ou indo até uma loja física para solicitar o benefício.

Por que as lojas optam pelo cashback?

Você já deve ter entendido qual o benefício do cashback para o consumidor, mas o que as empresas ganham com isso? Afinal, elas estão devolvendo dinheiro para o cliente!

Confiar em métodos que parecem milagrosos é sempre perigoso, portanto, para confiar no pagamento com cashback, é importante entender que também há benefícios para as empresas envolvidas e como elas ganham dinheiro.

A empresa de cashback recebe uma comissão ao redirecionar o usuário a um site parceiro, assim como ocorre com anúncios pagos.

Já a loja na qual você fez a sua compra consegue fidelizar o cliente, que tem maiores chances de voltar a comprar seus produtos já que ele tem, de certa forma, um “crédito” com a loja.

Fique de olho aberto!

Existem algumas regras para usar o cashback adequadamente de modo a ter o seu dinheiro de volta.

A principal regra é que a compra precisa ser feita via aplicativo ou cartão de crédito de cashback. Ou seja, se você comprar diretamente no site e-commerce, não terá direito a reaver o dinheiro.

A porcentagem do cashback varia, em geral ficando em 2% e 5%. O método do retorno também pode variar, mas, comumente, você receberá um crédito para usar na mesma loja ou em lojas parceiras da empresa de cashback.

Em outros casos, o dinheiro pode voltar para a sua própria conta corrente ou para a conta digital do aplicativo que você estiver usando.

Além disso, o saldo é cumulativo e pode ter prazos para resgate. Portanto, fique atento às regras do serviço de cashback que você estiver utilizando.

Leia mais: Como organizar o pagamento de contas

Cuidado com as armadilhas!

O cashback é uma prática que já se popularizou em muitas empresas de e-commerce e diversos consumidores já adoram o serviço, no entanto, como em qualquer tipo de compra, é preciso estar atento.

Cheque as empresas de cashback e todos os detalhes do serviço antes de fazer uma transação financeira. Certifique-se sobre a credibilidade do site e analise se o cashback oferecido realmente vale a pena.

Algumas empresas de cashback

Um bom jeito de começar a utilizar o cashback é conhecendo algumas das grandes empresas do ramo, que terão maior credibilidade.

Conheça algumas das principais:

Uma boa dica é avaliar qual delas inclui lojas com produtos que você costuma comprar com frequência.

Veja também: 9 dicas para usar o cartão de crédito a seu favor

Dinheiro não cai do céu

O cashback é um ótimo método para as empresas fidelizarem os seus clientes e para você fazer compras com bons descontos. No entanto, o cashback não é um feitiço mágico.

A ideia de ganhar o dinheiro de volta soa incrível e pode mesmo ser, principalmente se for é um comprador recorrente de determinada loja. Digamos, por exemplo, que você sempre compra a ração do seu cachorro no mesmo lugar. Então, ter um dinheiro acumulando-se aos poucos na sua conta pode ser ótimo!

No entanto, se você não é um comprador recorrente e o método de cashback somente te permitir compras nessa loja, não faz muito sentido, certo? Afinal, você teria que voltar e gastar mais dinheiro para conseguir utilizar o valor devolvido.

Além disso, é preciso estar atento às compras feitas por impulso. Não é porque parte do dinheiro volta para você, que você pode sair gastando mais do que deveria. 

Sempre pense bem nas suas compras e faça-as de forma estratégica, avaliando as suas necessidades e o benefício do cashback.

Quer mais dicas de como comprar com sabedoria? A gente te ajuda!

Aqui no blog da Simpay, sempre tem conteúdos interessantes sobre educação financeira. Esperamos você!

Postado por: brenda

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Leia também:
https://somossimpay.com.br/wp-content/uploads/2021/08/foto-blog-simpay-1.jpghttps://somossimpay.com.br/wp-content/uploads/2021/08/foto-blog-simpay.jpghttps://somossimpay.com.br/wp-content/uploads/2021/10/foto-blog-simpay-4.jpg